Skip to main content
.

Portugal 2020

Requalificação - Beneficiação do Acesso ao Centro de Boassas (PARU)

CÓDIGO DO PROJETO | NORTE-04-2316-FEDER-000426

Requalificação - Beneficiação do Acesso ao Centro de Boassas (PARU)
Objetivo principal
Preservar e proteger o ambiente e promover a eficiência energética

Região de intervenção
Boassas – Cinfães

Entidade Beneficiaria
Município de Cinfães

Data de Aprovação | 14-07-2022
Data de início | 16-03-2020
Data de conclusão | 31-12-2021
Custo Total da Obra | 356 950,40€
Custo total elegível | 220 736,16€
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 187 625,74€
Apoio Financeiro público nacional | 33 110,42€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos


A Requalificação/Beneficiação do Acesso ao Centro de Boassas vem potenciar um centro histórico da freguesia de Oliveira do Douro, de forma a tornar o espaço relevante para identidade do local. Promovendo a sustentabilidade ambiental, cultural, social e económica, criando mais oferta turística e desenvolvimento do aglomerado. O projeto promove o incentivo à revitalização do núcleo antigo e histórico do lugar colmatando as dissonâncias existentes, indo de encontro à salvaguarda, valorização e reforço da identidade do lugar, proporcionando assim uma área agradável que servirá como espaço de estar, ou como zona pública para convívio e sociabilização, promovendo uma maior dinâmica económica e cultural da freguesia. Esta intervenção preconiza a recuperação da infraestrutura viária, ao nível do reperfilamento do pavimento, substituição e aplicação de novos materiais, melhorando e criando passeios, demarcação de lugares de estacionamento, aplicação de novo mobiliário urbano, organização e recolocação do arborizado, contribuindo também para uma mobilidade urbana mais segura, inclusiva e sustentável. A Requalificação/Beneficiação do Acesso ao Centro de Boassas, na freguesia de Oliveira, tem como objetivo salvaguardar e valorizar um dos principais pontos de interesse da freguesia, revitalizando o espaço público central, este um elemento transversal a todas as ações desenvolvidas da vivência comunitária em espaço público urbano. Evidenciando-se no local a existência de um parque edificado de matriz rural e degradado, esta operação é um estímulo à iniciativa privada no âmbito da regeneração urbana, o que potenciará a reabilitação de edifícios com elevado nível de degradação, contribuindo para o crescimento e fixação de novos habitantes no local, bem como, numa nova dinâmica para no setor do turismo. Este projeto visa melhorar a malha urbana existente, polarizando o território, promovendo o centro urbano como estrutura intermédia entre a freguesia e sede do concelho, funcionando como âncora territorial de proximidade, fomentando e incentivando à requalificação dos edifícios existentes, sendo uma grande parte deles de cariz rural e degradado.

Relacionados

14 julho 2022
Visualizações: 250

Lameiros na aldeia
de Bustelo