Skip to main content
.

Portugal 2020

Requalificação da Zona que Integra Igreja Matriz, a Escola E.B. 2,3 de Souselo e Espaço Comercial

CÓDIGO DO PROJETO | NORTE-03-1406-FEDER-000077

Requalificação da Zona que Integra Igreja Matriz, a Escola E.B. 2,3 de Souselo e Espaço Comercial
Objetivo principal
Apoiar a transição para uma economia de baixo teor carbono em todos os setores

Região de intervenção
Souselo – Cinfães

Entidade Beneficiaria
Município de Cinfães

Data de Aprovação | 27-04-2018
Data de início | 25-09-2017
Data de conclusão | 30-11-2018
Custo Total da Obra | 420.340,89€
Custo total elegível | 116.984,28 €
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER - 99.436,63 €
Apoio Financeiro público nacional | 17.547,65 €

Este projeto tem como finalidade garantir níveis elevados de fluidez rodoviária, assegurando o acesso aos principais serviços e equipamentos públicos, como é o caso do cemitério, Igreja Matriz de Souselo, escola EB 2.3 de Souselo e outras atividades económicas em transporte coletivo ou pedonal. A requalificação da zona que integra a Igreja Matriz, a escola EB 2.3 de Souselo e o espaço comercial, irá conceber estacionamento automóvel dissuasor, estimulando os utilizadores a deixarem as viaturas aparcadas e a utilizarem um meio de transporte amigo do ambiente ou deslocarem-se mesmo a pé ao comércio e serviços existentes na Vila de Souselo, contribuindo assim para uma acalmia do tráfego no núcleo Urbano EN 222, reduzindo os estacionamentos irregulares, os congestionamentos, acidentes rodoviários, poluição do ar e redução da emissão de ruído. Esta intervenção tem como objetivo garantir um percurso para peões adequado, com a criação de passeios, passadeiras e rampas para pessoas com mobilidade reduzida, para que estes possam deslocar-se com qualidade e segurança, bem como, aos munícipes com mobilidade reduzida e os invisuais; Tendo em consideração a proximidade destes arruamentos ao comércio local e à Escola EB 2.3 de Souselo, locais com um grande fluxo de munícipes, este projeto irá conceber um ponto de embarque e desembarque do transporte coletivo de passageiros, por forma a este ser feito em segurança, inserido num espaço urbano agradável e valorizado, que trará uma significativa melhoria na qualidade à região e aos utilizadores da sua rede viária.

Galeria de Imagens



30 novembro 2018
Visualizações: 798

Lameiros na aldeia
de Bustelo